Novos antepastos no mercado

A Casa da Madeira acaba de dar mais um passo no segmento gourmet, lançando uma linha de antepastos, indicados para serem usados em canapés, torradas e pães. Os sabores são Italiano (feito com berinjela, abóbora italiana, pimentão amarelo, pimentão vermelho, cebola, tomate, alho, champignon, azeitona, orégano e louro), Berinjela e Pimentões.

A marca está de olho no emergente mercado gastronômico brasileiro, que já vinha abrindo espaço para estes antepastos, feitos de forma caseira ou produzidos por marcas importadas que começaram a aparecer nas prateleiras daqui.

“Percebemos muitas marcas regionais e vendas a granel neste perfil de produto. Assim, vimos um espaço no mercado, considerando a nossa capilaridade de distribuição. Acreditamos ter condição de atingir um volume alto de produção, aplicando sempre as premissas de qualidade, higiene e relação custo-benefício”, explica a diretora-comercial da Casa Madeira, Juciane Casagrande. E ela tem razão. Eu já andei fazendo minhas experimentações, principalmente com berinjela, quando descobri como caiam bem em uma bruschetta ou focaccia.

Os potes de antepastos são de 190g e serão vendidos em varejos e supermercados. O preço sugerido fica entre R$ 10 e R$ 12. Ainda não experimentei, mas a  Casa de Madeira, que integra o grupo da Família Valduga, instalado no Vale dos Vinhedos (RS), também produz geléias de excelente qualidade. Eu me apaixonei pelas opções gourmet a base de vinho, que conheci algum tempo atrás.